terça-feira, 30 de julho de 2013

ELOGIO AOS HOMENS E MULHERES DE CONVICÇÕES


Uma pessoa de convicções é fanática e devemos fugir dos fanáticos.
Esta é uma visão cada vez mais predominante que, como acontece com boa parte das visões predominantes, está equivocada.
Devemos fugir dos fanáticos, porque só fazem bem a eles, pensando em si mesmos, incapazes de ouvir o outro. O fanático tem tanta certeza de suas convicções que até mata por elas, embora raramente morra por elas.
Diferentemente, uma pessoa de convicções é capaz de morrer por suas ideias, mas raramente se dispõe a matar por elas.
Uma pessoa de convicções é movida por amor, pelo que se sacrifica por quem quer alcançar.
Uma pessoa de convicções tem lágrimas nos olhos, nunca veneno neles.
Uma pessoa de convicções tem uma missão e quer levá-la até o fim; persistente, não desiste, mesmo depois de a maioria ter pulado do barco por causa do perigo das ondas.
Uma pessoa de convicções ama mais a vida do outro do que a sua própria.
Uma pessoa de convicções se assenta para ouvir o outro porque ela não se funda no acerto de suas convicções mas no amor.
Dá vontade tocar numa pessoa de convicções.
Precisamos de pessoas de convicções.

Desejo-lhe um BOM DIA.
Israel Belo de Azevedo

Nenhum comentário: