segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

REVERÊNCIA



Para os crentes a reverência representa muito mais do que respeito e temor por se estar na presença de Deus. A reverência diz respeito à atitude do adorador diante de Deus e é fruto da fé, do amor e do temor que o crente tem em relação a Deus, por ser ELE o Todo Poderoso, Onisciente e Onipresente. Pois cremos que, para termos comunhão com Ele, a reverencia é a atitude que cria a ambiência para o Senhor aceitar a adoração e os adoradores.


Tal reverência é requerida de todos os servos do Senhor, não importando o lugar em que esteja. Entretanto, no lugar do culto, como o templo de uma igreja, requer-se uma reverência especial: ordeira, racional, silenciosa e, sobretudo espiritual.


A Bíblia diz: “Guarda o teu pé quando entrares na Casa de teu Deus” (Ecl.5: 1). Diz ainda: “Tira o sapato dos teus pés, pois o lugar em que estás pisando é terra santa” (Ex. 3:5). O que tornava aqueles lugares especiais era a presença de Deus. Logo, se cremos que Deus está presente nos locais em que nos reunimos para adora-LO, devemos nos comportar com total reverência. E nem sempre é assim.


A nossa Igreja precisa observar melhor o modo como tem se comportado durante os seus cultos. Não levam a serio os bons modos no entrar, no permanecer e no sair do santuário. Comportam-se como se estivessem em qualquer outro lugar; e não deve ser assim. O templo, o culto e especialmente, a presença de Deus, são diferentes.


Precisamos observar alguns detalhes e, até nos policiar, para que nosso comportamento não seja um obstáculo para o culto e nem para os adoradores. Podemos melhorar evitando conversas na hora do culto, se locomover desnecessariamente ou usar o celular. Todos devem cooperar e até orar para que os nossos cultos sejam agradáveis, edificantes, verdadeiros e aceitos pelo Senhor.


Pr Assis Borges Xavier


Publicado no Boletim da PIBA


27/11/2011

Nenhum comentário: