segunda-feira, 10 de outubro de 2011

DIA DA PIBA - 12 DE OUTUBRO

Isso mesmo irmão, 
dia 12/10 vai acontecer novo encontro do povo da PIBAraruama, no acampamento Batista em Rio Bonito, vai  ser uma celebração porque ali vão começar os festejos do 88º Aniversário de nossa Igreja.


Já temos mais de 500 membros que confirmaram sua presença, vai ser um dia de confraternização, alegria, jogos, estudos, piscina, e muito mais!!


Não fique fora dessa, vai valer cada minuto desse dia, conhecendo e aprimorando nosso amor agape!


Te esperamos lá!!


Céa Castro 

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

VIAGEM À RAPOSO - CONGRESSO DA 3ª IDADE

O Ministério da 3ª Idade da PIBA Arauama, vai participar, mais uma vez, do Congresso da 3º Idade em Raposo - RJ, ainda há vagas no 2º onibus.


Valor da Viagem - R$ 400,00 - All inclusive (tudo incluído, transporte, hotel, alimentação).


Prestações suaves que podem ser pagas até março de 2012.


VOCE NÃO PODE FICAR FORA DESSA!!


Procure o Pr. Jorge ou a irmã Ziza, na PIBA, para maiores informações ou para fazer já a sua reserva.


APRENDENDO A CONFIAR EM DEUS

"Por isso vos digo: não andeis ansiosos pela vossa vida, quanto ao que haveis de comer ou beber, nem pelo vosso corpo, quanto ao que haveis de vesti." Mateus 6:25


Certa vez, o Senhor Jesus se dirigiu aos seus discípulos afirmando que eles  não deveriam estar ansiosos quanto às suas vidas.


Essas palavras do Senhor, muitas vezes, são mal interpretadas. Alguns ensinam, a partir desse texto, que o homem não precisa se preocupar com nada em sua vida, retirando dele a responsabilidade, que sabemos, pela escritura, que ele tem; o que chega a ser irresponsabilidade.


Pessoas tem usado esse texto como respaldo para atitudes de absoluta displicência com suas obrigações e até mesmo como uma boa desculpa para a indolência.
No entanto, o que precisamos aprender é não sofrer por conta da ansiedade e da falta de confiança de que temos um Deus agindo por nós, um Deus que vai à frente preparando caminhos por onde deveremos passar plantando com nossas atitudes o que haveremos de colher para nosso sustento.


Não andar ansiosos, pois o Deus a quem servimos é também um Deus provedor. Não podemos confiar na nossa força unicamente, precisamos depender dele para realizarmos o que for preciso, depositar nele toda a nossa confiança, pois Ele cuida de seus filhos assim como cuida das aves e dos lírios do campo.


Estar ansioso é não saber em quem confiar, é estar divido entre confiar nas nossas próprias forças e riquezas ou em Deus. Se somos prósperos é porque o nosso Deus proporcionou isso para nossas vidas, é ele quem nos abençoa para que possamos conseguir vitórias e recursos; devemos confiar no Deus que provê e não naquilo que foi providenciado por ele.


Aprendamos a buscar primeiro o reino de Deus e a sua justiça e com certeza as demais coisas nos serão acrescentadas, se confiarmos em Deus!


O melhor lugar pra se estar é no centro da vontade de Deus!!


Céa Castro
PIBA - Araruama

CARTA ENVIADA PELO PR. HUGO E TALVANIA


Carta Missionária            
Tirana-Albânia, Setembro de 2011
Por que a graça de Deus se manifestou trazendo salvação a todos”.   Tito 2.11 

Amado em Cristo,
Nos alegramos em Deus, que nos chamou, por você existir e estar aqui conosco por meio do seu amor a obra missionária que produz intercessões por nós e sustento.
Nós também não cessamos de orar por você, rogando ao Senhor que lhe fortaleça na fé e lhe supra todas as necessidades.
No início de agosto, Talvânia, esteve ajudando uma missionária brasileira que teve seu primeiro filho aqui em Albânia.  O nascimento deste bebê foi um milagre de Deus. Ele tinha o cordão umbilical curto e, depois de horas para nascer, teve uma parada cardíaca.  Foi reanimado ainda no ventre da mãe e, louvado seja o Senhor, Paulo nasceu com o auxílio de um vácuo-extrator (ventosa).
Nós dissemos sim ao desafio da Albânia. Temos visto muitas necessidades.  A igreja ainda é muito pequena, há apenas um por cento de cristãos no país, e os evangélicos não conseguem caminhar sozinhos ainda, especialmente no sentido de autosustento e visão da obra missionária.  O secularismo e o materialismo tem atingido aos crentes, poucos são os que atendem ao “ide e fazei discípulos”.
Continuamos a clamar a Deus pela salvação dos roma (ciganos-gypsies). Sempre que vemos suas crianças, clamamos ao Senhor por elas, pois que são vítimas de toda a sorte de abusos.  Ultimamente temos sentido falta de uma menina de uns 10 anos em determinada praça da cidade.  Há tempos, não a encontramos mais no ponto em que ela ficava para consegui dinheiro. Temos chorado diante de Deus em favor dela e de tantas, pois logo imaginamos que possa ter sido traficada.
Estamos vivendo pela terceira vez o tempo do silêncio. Somos novamente como bebês que ainda não sabem falar. A língua é uma das principais ferramentas para a comunicação do evangelho. Aprender em silêncio é também necessário. Consideramos este tempo como o tempo de estarmos quietos, em silêncio, observando a terra, sua gente e cultura.  Mas, sabemos que mesmo sem falar Deus pode nos usar com nossas atitudes.
Achar professor de albanês não tem sido muito fácil. Não basta simplesmente falar albanês, tem que saber ensinar. Teremos um encontro com outra professoara semana que vem. Também nossa ex professora de inglês está de volta da Grécia, conversaremos com ela também.
No mais irmão, irmã, prosseguimos aqui firmes em Cristo, no desejo enorme de serví-lo, conduzindo vidas a conhecer sua graça salvadora.






Noemi com a boneca que ganhou dos avós Juruá e Lourdes        Para as Crianças:
Agradecemos as crianças que oram por nós, que oram por Noemi, que nos sustetam com suas ofertas de amor.  Oramos ao Senhor por vocês com o coração cheio de alegria para que vocês façam a diferença na vida de milohares e para que o Senhor envie muitas de vocês aos campos.

Deus o abençoe sempre e em tudo.
Um grande abraço da família missionária,                                                               

Pr. Hugo, Talvânia e Noemi Bertolot                          

Ore, por favor:

*Orem pelos ciganos e por suas crianças;
*Pelo  aprendizado do albanês;