quarta-feira, 1 de junho de 2011

EVANGELICOS PROTESTAM CONTRA O PL 122

Evangélicos protestam em Brasília contra lei que criminaliza homofobia

Redação SRZD | Nacional | 01/06/2011 21h30

Um ato contra a tramitação do projeto de lei, no Senado, que criminaliza a homofobia, reuniu cerca de vinte mil fiéis, segundo a Policia Militar. Ao mesmo tempo, um pequeno grupo de homossexuais protestaram contra o ato, cercado por 50 policiais militares.

A manifestação foi promovida pelo pastor Silas Malafaia e reuniu diversos líderes e igrejas evangélicas em frente ao Congresso Nacional, em Brasília, e teve como objetivo protestar contra a votação do Projeto de Lei 122, desarquivado no Senado, que criminaliza tudo que possa ser interpretado como discriminação ou preconceito aos homossexuais no Brasil. A pena, caso o projeto seja aprovado, é de 2 a 4 anos de prisão.

O senador Magno Malta (PR-ES), evangélico, se posicionou contra o projeto, que tem Marta Suplicy (PT-SP) como relatora. Ele disse que o Senado não vai criar uma lei "para beneficiar meia dúzia".

O pastor Silas Malafaia disse que a intenção da lei "é colocar uma mordaça na sociedade e criminalizar os que são contra o comportamento homossexual. Com essa lei querem atingir as famílias, as questões religiosas e a liberdade de expressão".

O governo admitiu negociar com os evangélicos no Senado para uma alternativa de suavizar o projeto. A Secretaria dos Direitos Humanos divulgou que "não há posição fechada dentro do governo sobre o projeto".

Para o deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ), que defende a causa gay, "não dá para separar a prática violenta, como lesões e assassinatos, do discurso difamador contra homossexuais", e que o projeto tem que combater também "o discurso do ódio".

Esse texto acima foi publicado em muitos jornais de nosso pais, e eu digo que infelizmente, nossa nacao esta sendo enganada com esse projeto, ser homofobico eh querer a morte dos homossexuais, eh querer bater, espancar, eliminar da sociedade os que tem uma escolha diferente para sua vida sexual. No entando nao podemos permitir que por conta das agressoes praticadas por minorias radicais, todo o pais seja penalizado com a perda de seu direito de pensar e crer diferente, proibido de dizer o que pensa e o que cre ser errado.

Muitos homossexuais sao contrarios a este projeto pois ele avilta qualquer ser humano, seja ele heterossexual ou nao.

Essa lei tem transformado muitos homossexuais em arrogantes, marrentos, que fazem questao de ter atitudes de provocacao ao cidadao comum, principalmente na intensao de chocar com suas atitudes as pessoas.

Lamentavel o que a luta pelo voto faz com alguns politicos, que so pensam no poder, em ter poder, em usar o poder, seja a custo for, mesmo que esse custo seja a deturpacao moral de nossas criancas, adolescentes e jovens.

Espero sinceramente que a Presidente do Brasil tenha consciencia do caminho que nosso pais esta tomando nesse assunto, e que o final dessa historia eh tragica e irreparavel!!

Cea Castro

Nenhum comentário: