segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

Mais conversões em SC


Atividades sociais e evangelísticas da Trans marcam população de Blumenau

Segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

Sobe para 100 o número de pessoas convertidas através da Trans Blumenau. Essas vidas são fruto da intensa atividade social e evangelística realizada na primeira semana da operação missionária, período quando foram visitados cerca de 300 lares e três abrigos.

Segundo informações dos voluntários, os corações estão abertos à palavra de Deus e há casos em que várias famílias se reúnem em uma única casa para ouvir as boas novas do Evangelho. Em cada lar, Deus tem derramado uma porção significativa de seu poder que liberta e salva. Numa casa visitada, uma criança apresentava um comportamento estranho durante a realização de um estudo bíblico. Agitada, corria de um canto ao outro gritando a palavra "demônio". Ao término do estudo, os voluntários saíram frustrados, mas prometeram retornar no dia seguinte. Naquela noite, a equipe levantaou um clamor por esta pequena vida que, na segunda visita, já calma e atenciosa, aceitou a Cristo assim como todos na casa.

Paralelamente às visitações, duas psicólogas voluntárias usam a profissão para auxiliar parte da população que permanece nos abrigos da cidade. Além do trabalho psicoterapêutico, que atua no resgate da auto-estima dos desabrigados, crianças abrigadas são alcançadas pelo evangelho através de atividades estratégicas, tais como o cubo e pulseira evangelísticas. Os surdos também são alvo da Mini Trans Blumenau. O missionário surdo Luis Antônio dos Passos tem visitado lares na tentativa de cadastrar e descobrir as necessidades dessa parcela da população.

A Igreja Batista Pioneira Vida Nova, quartel general dos voluntários da Trans, tem gerenciado o cadastramento de famílias e a distribuição de donativos. Através desse cadastro, cerca de três carretas de roupas, calçados e alimentos já foram distribuídas. Continue intercedendo por Blumenau. As chuvas ainda continuam e o sentimento de incerteza na cidade é grande.